Armação dos Búzios: uma breve história sobre a cidade – Pousada Maravista

Armação dos Búzios: uma breve história sobre a cidade

Brigitte Bardot e sua relação com Armação dos Búzios
11 de março de 2020
Saiba como aproveitar a noite em Búzios
15 de maio de 2020
Exibir tudo

Armação dos Búzios: uma breve história sobre a cidade

A cidade de Armação dos Búzios possui uma história muito rica. Búzios foi e é habitada por diversos povos e suas culturas, como indígenas, quilombolas, portugueses, franceses, argentinos e mais de 50 outras nacionalidades. Sendo assim, ela é um dos retratos da história do Rio de Janeiro e do Brasil.

 

Como era Búzios antes da chegada dos portugueses?

Inicialmente, a localidade onde hoje se encontra Búzios era povoada por índios Tupinambás, também chamados de Tamoios. Esta tribo se espalhava na costa brasileira do rio São Francisco ao recôncavo Baiano e do cabo de São Tomé (Rio de Janeiro) até São Sebastião (São Paulo).

 

Como foi a chegada dos portugueses?

Após o descobrimento do Brasil, Búzios e seus arredores foram chamados de “Bahia fremosa” ou Bahia formosa. As armações eram postos avançados ou acampamentos que desempenhavam o papel de capturar índios para trabalhar de modo escravo. As armações também armazenavam pau-brasil e eram uma área de conserto e reforma de embarcaçõesdanificadas. O local era rico em moluscos chamados de búzios pelos portugueses, o que fez com que fosse conhecido como Ponta dos Búzios. Diversas batalhas marcaram a história da região, como aquelas contra índios e franceses.

 

O que aconteceu à cidade depois disso?

No período entre o século 17 e metade do 19, a caça baleeira era muito praticada no Rio de Janeiro. Diante disso, a população de cetáceos se refugiou na região costeira de Búzios, onde foi construída uma armação de madeira. Ela era utilizada para extração de óleo das baleias. A Praia dos Ossos tem este nome por esta razão.

A extração de óleo de baleias acabou por volta da segunda metade do século 19 devido à escassez do animal nas águas da região. Foi então que a cidade se tornou uma vila de pescadores. Pode-se dizer que a cidade iniciou sua atividade turística em 1951, mas foi após a visita de Brigitte Bardot que Búzios se tornou famosa.

A partir desta visita, houve aumento da exploração turística e da ocupação imobiliária. Atualmente, Armação dos Búzios é visitada por turistas brasileiros e estrangeiros, principalmente argentinos, o que a faz ser chamada de Saint-Tropez brasileira.

A inauguração da Ponte Presidente Costa e Silva, popularmente conhecida como Ponte Rio–Niterói, ocorreu em 1974. Já os argentinos chegaram à cidade por volta do fim dos anos 1970.

 

Como é a arquitetura de Búzios?

A arquitetura de Búzios complementa a beleza natural da cidade. Uma lei da década de 1970 garante que nenhuma construção pode ultrapassar dois andares, o que garante o visual mais aconchegante do local.

As residências e estabelecimentos também costumam se inspirar nas casinhas de pescadores, contribuindo para o estilo mais rústico. Restaurantes, pousadas, lojas e casas utilizam bastante madeira de demolição e ferro também na decoração. Igrejas e construções mais antigas são um deleite para os olhos de moradores e turistas.

 

Como é a gastronomia de Búzios?

A cidade de Armação de Búzios é um verdadeiro polo gastronômico e possui mais de 300 estabelecimentos como restaurantes e bares. Por ser uma cidade litorânea, a especialidade inclui frutos do mar. Apesar disso, existem excelentes restaurantes italianos, franceses e orientais, entre outros.

Ficou animado? Venha conhecer a cidade!

Open chat